Paulo Câmara e Geraldo Julio pediram dinheiro pessoalmente a Joesley da JBS, revela delação.



O dono da JBS, Joesley Batista, contou em sua delação premida que o prefeito do Recife, Geraldo Júlio e o atual governador de Pernambuco, Paulo Câmara, usaram o nome de Eduardo Campos, depois de morto, para lhe pedir dinheiro. O pedido, segundo Joesley, foi feito pessoalmente, pelos dois pessebistas que disseram que Joesley deveria homenagear Campos ajudando a eleger Paulo câmara Governador. A delação contra os dois principais nomes do PSB de Pernambuco consta do Anexo 36. A pessoa indicada pro PSB para receber o dinheiro via caixa dois para Paulo Câmara no valor de R$ 1 milhão foi André Gustavo Vieira da Silva. Também foram pagos dois milhões a Fernando Bezerra Coelho pelo caixa dois por intermédio de André Gustavo.

Comentários

Postar um comentário

MAIS ACESSADAS DO MÊS

TULIO GADELHA DIVULGA CARTA REVELANDO REAIS MOTIVOS DE SUA EXONERAÇÃO DO ITERPE: "AJUSTE PARTIDÁRIO E ELEITOREIRO"

ASSALTANTE DE BANCOS ERA O LOBISTA QUE INTERMEDIAVA CONTRATOS ENTRE EMPRESÁRIOS E GOVERNOS DE PERNAMBUCO E MARANHÃO, REVELA OPERAÇÃO TORRENTES II DA POLÍCIA FEDERAL

DOIS ADVOGADOS ENTRE OS PRESOS NA OPERAÇÃO TORRENTES II. SAIBA OS NOMES DE TODOS OS PRESOS E CONDUZIDOS AQUI NO BLOG