CORRUPÇÃO: EX-PREFEITO E EX-PRESIDENTE DA CÂMARA DE CARPINA, AMBOS DO PSB, TÊM PRISÃO DECRETADA NA OPERAÇÃO "FRAUS" DE COMBATE À CORRUPÇÃO E OUTROS CRIMES CONTRA O PATRIMÔNIO PÚBLICO


O ex-prefeito de Carpina, Carlinhos do Moinho, tem muito prestígio com a cúpula do PSB, principalmente com o todo-poderoso secretário de governo Filgueiras, que exige que os prefeitos mudem de partidos e de deputados se quiserem conseguir agenda com o governador Paulo Câmara.

Em mais uma Operação contra a organização criminosa formada por políticos e servidores públicos que assaltaram os cofres da cidade de Carpina, a Polícia Civil de Pernambuco desencadeou, na manhã de hoje, a Operação "Fraus" (fraude, em latim), contra uma organização criminosa comandada pelo ex-prefeito de Carpina, Carlinhos do Moinho e pelo ex-presidente da Câmara de Carpina, o vereador Tota Barreto, que já foi localizado e preso. Carlinhos do Moinho, entretanto, já é considerado foragido da justiça.


Carlinhos do Moinho é ligado ao ministro da Defesa, Raul Jungmann, do PPS,
que, como deputado, conseguiu liberar emendas para o Município
 quando Carlinhosera prefeito.
Além dos líderes da ORCRIM, que tiveram as prisões decretadas, há outros alvos de mandados de prisão temporária e buscas e apreensão, dentre eles os empresários identificados como Jair, Major e Rodrigo, que seriam os proprietários da empresa "MF", utilizada pela organização criminosa para perpetrar os crimes que lhes são imputados de corrupção, associação criminosa, peculato, falsidade ideológica e lavagem de dinheiro, além de fraudes em licitações.

O vereador Toga Barreto em momento de descontração com a alta cúpula do governo de Pernambuco e do PSB/PMDB:
governador Paulo Câmara, senador Fernando Bezerra Coelho e vice-governador e secretário de Desenvolvimento Econômico Raul Henry

O vereador Toga Barreto já havia sido preso em outra Operação da Polícia por comandar a chamada Máfia dos Consignados.

As investigações foram presididas pelo delegado Diego Pinheiro e a Operação conta com a participação de 17 delegados, 70 agentes e 15 escrivães. Os mandados estão sendo cumpridos nas cidades de Carpina, Lagoa de Itaenga e no Recife.

Mais detalhes no decorrer do dia.

RELEMBRE O QUE JÁ PUBLICAMOS SOBRE CORRUPÇÃO EM CARPINA






Comentários

MAIS ACESSADAS DO MÊS

PAULO CÂMARA INSISTE EM EXPULSAR POLICIAIS MILITARES QUE DEFENDEM CATEGORIA, MAS PROTEGE CORONEIS DENUNCIADOS POR CORRUPÇÃO EM SEU GOVERNO INVESTIGADOS POR DESVIOS PARA CAMPANHAS DO PSB

"Jarbas Vasconcelos é um lambe-botas que escapou da Lava Jato pela prescrição", Artigo de FBC para a Folha de São Paulo desmonta falso moralismo de Jarbas e dá o tom do que será 2018

TULIO GADELHA DIVULGA CARTA REVELANDO REAIS MOTIVOS DE SUA EXONERAÇÃO DO ITERPE: "AJUSTE PARTIDÁRIO E ELEITOREIRO"