GERALDO JÚLIO MEXE NA PREVIDÊNCIA DE SERVIDORES E SERÁ ALVO DE PEDIDO CAUTELAR NO TCE DO VEREADOR RINALDO JUNIOR



O vereador Rinaldo Junior (PRB) subiu à tribuna da Câmara Municipal do Recife, nesta terça-feira (20/06), para demonstrar sua preocupação com o futuro da previdência municipal dos servidores do Recife. Isso porque o prefeito do Recife, Geraldo Julio, encaminhou, em regime de urgência, para votação na Casa o Projeto de Lei (PL) 14/2017, que prevê a migração de 2.398 segurados do Recifin, que é um fundo deficitário; para o Reciprev, que é superavitário e conta com cerca de R$ 1,6 bilhão em investimentos. Além da votação em regime de urgência, o parlamentar questiona a ausência do envio do estudo atuarial. “Para avaliar se a migração prevista no PL 14 será de fato positiva para os servidores municipais é necessário analisar o estudo atuarial que deveria acompanhar este projeto, mas que não chegou a esta Casa. Como vamos aprovar a migração de 2.398 beneficiários de um fundo deficitário para um superavitário sem um estudo que nos mostre qual o impacto destas mudanças no futuro?”, questiona Rinaldo Junior. Preocupado com o estudo atuarial, o vereador Rinaldo Junior vai ingressar com uma medida cautelar junto ao Tribunal de Contas do Estado (TCE) solicitando ao órgão que analise o referido estudo. “Essa mudança pode colocar em risco a previdência dos servidores no futuro, podendo os dois fundos ficarem deficitários. Por isso a importância desse estudo”, argumenta. Ao destacar que, proporcionalmente, Pernambuco é o estado que tem mais fundos de previdência municipais do país – são 146 municípios, cerca de 80% do Estado -, Rinaldo Junior destaca que apenas cinco ou seis tem equilíbrio financeiro. O vereador também revela a situação de outros estados e municípios que optaram por unir fundos, a exemplo de Minas Gerais e Curitiba. “Temos experiências negativas como a de Minas Gerais, que juntou os dois fundos e hoje se encontra quebrada a previdência estadual. E em Curitiba ocorreu migração semelhante a esta proposta pelo prefeito Geraldo Julio e agora estão com graves problemas financeiros”, relata Rinaldo Junior. “Nossa preocupação é que a previdência municipal dos servidores do Recife não se torne uma bomba-relógio bilionária”, adverte o parlamentar. 

DIÁLOGO – Ao lembrar que realizou uma audiência pública no último dia 02 de junho para discutir o tema, o vereador Rinaldo Junior destacou a importância do diálogo com os servidores municipais. “Por isso é importante que os servidores participem desse debate e se apropriem das informações sobre a saúde financeira da previdência municipal. Recife é grande. É uma cidade que já está com a 4ª maior receita de fundo de pensão do país”, destaca.

ACOMPANHE A TRAMITAÇÃO DO PL AQUI.



Comentários

Postar um comentário

MAIS ACESSADAS DO MÊS

PAULO CÂMARA INSISTE EM EXPULSAR POLICIAIS MILITARES QUE DEFENDEM CATEGORIA, MAS PROTEGE CORONEIS DENUNCIADOS POR CORRUPÇÃO EM SEU GOVERNO INVESTIGADOS POR DESVIOS PARA CAMPANHAS DO PSB

VÍDEO DO ALOJAMENTO DOS POLICIAIS MILITARES EM GOIANA/PE DENUNCIA CONDIÇÕES SUBUMANAS NA PM, ENQUANTO PAULO CÂMARA GASTA MILHÕES COM MOTOS DA "GRIFE" BMW

CORRUPÇÃO: PERNAMBUCANA SERTTEL, RESPONSÁVEL POR CONTRATOS DOS "AMARELINHOS", DAS CICLOFAIXAS, COMPARTILHAMENTO DE BIKES E OPERAÇÃO DOS SEMÁFOROS DO RECIFE É ALVO DE DELAÇÃO PREMIADA NO PARANÁ E SÓCIOS SÃO DENUNCIADOS POR CORRUPÇÃO. EMPRESA TEM CONTRATOS MILIONÁRIOS COM A PREFEITURA DO RECIFE E O ESTADO DE PERNAMBUCO