TEMER COGITA NOMEAR EX-SECRETÁRIO DE CASSIO CUNHA LIMA, DO PSDB, MESMO FORA DA LISTA, PARA LUGAR DE JANOT

Eitel Santiago foi secretário no governo do
tucano Cássio Cunha Lima, na Paraíba



O subprocurador-geral da República Eitel Santiago de Brito Pereira seria o nome cogitado por Michel Temer para suceder Rodrigo Janot, cujo mandato se encerra no próximo dia 17 de setembro, desrespeitando a tradição de escolher o primeiro colocado na Lista Tríplice eleita pela Associação Nacional dos Procuradores da República, com o agravante de que Eitel Santiago sequer figura entre os três mais votados por Procuradores da República, que foram às urnas hoje, para eleger Nicolao Dino, que obteve 621 votos, seguido por Raquel Elias Ferreira Dodge, com 587 votos e por Mario Luiz Bonsaglia, que recebeu 564 votos, para compor a Lista.

Matéria publicada pela Folha de S. Paulo, há dois anos, entretanto, afirma que membros do Ministério Público sempre virem com ressalvas a atuação do subprocurador Eitel Santiago, em razão de suas supostas ligações com políticos PMDB, do DEM e, sobretudo, do PSDB (partido do ex-governador paraibano e atual senador, Cássio Cunha Lima, de quem Eitel foi secretário do governo).

Comentários

  1. Temer!
    Pense num defunto ruim, de enterrar.
    Acompanham Ele, os:
    Paulo Câmara e Geraldo Júlio.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

MAIS ACESSADAS DO MÊS

Paulo Câmara "homenageia" Dia do Orgulho LGBT+ com ação policial truculenta em região boêmia do Recife historicamente ocupada por bares e boate LGBT+ e já tem um "Stonewall" pra chamar de seu

PT já teria até escolhido marqueteiro da campanha de Marília Arraes

Prefeito do Cabo, Lula Cabral, do PSB é denunciado pelo MPPE por "montar vasto esquema criminoso de fraudes em licitações" mediante comissão dirigida por "sua ex-namorada e sua cunhada"