Notícias




sábado, 17 de junho de 2017

UNAJUF INGRESSA COM REPRESENTAÇÃO POR IMPROBIDADE CONTRA GILMAR MENDES POR AGIR COMO "MENINO DE RECADOS" DO AÉCIO E LÍDER DA BANCADA DO PSDB

Charges com Gilmar Mendes foram utilizadas para ilustrar a Representação


A União Nacional do Juízes Federais do Brasil ingressou, ontem, no final da tarde, com uma Representação por Improbidade Administrativa, junto à Procuradoria da República do Distrito Federal (Ler íntegra dapetição AQUI), contra o ministro Gilmar Mendes do Supremo Tribunal Federal e atual presidente do Superior Tribunal Eleitoral.

De acordo com a representação, assinada pelos Juízes Federais Eduardo Luiz Rocha Cubas e João Batista de castro Júnior, presidente e vice-presidente da UNAJUF, respectivamente, a interceptação telefônica realizada com a autorização da própria Justiça, de conversas entre o senador afastado Aécio Neves, do PSDB e o ministro Gilmar Mendes revelaram que Mendes funcionaria como uma espécie de "garoto de recados" do senador mineiro, caracterizando típico ato de improbidade administrativa, nos termos do art. 11 da Lei de Improbidade Administrativa por atentar contra os princípios básicos da Administração Pública, contribuindo, ainda para o descrédito da instituição que integra, ao manter uma espécie de "concubinagem político-eleitoral" com político investigado em procedimento criminal, ferindo, assim, o Código de Ética da Magistratura:







Gilmar Mendes, segundo a UNAJUF, agiu não apenas como um "verdadeiro 'menino de recados'" de Aécio Neves, que, por sua vez, é investigado por vários crimes na própria Corte integrada por Mendes, mas como "líder de bancada", porque a sequência da conversa denota condutas proativas no sentido de conduzir, produzir um resultado em TODA BANCADA DO PSDB - Partido Social Democrata Brasileiro - quando do exercício parlamentar:



Em determinado trecho de sua Representação, a UNAJUF chega a afirmar que "operou-se aí um amaciamento político-partidário por parte do Representado e seu interlocutor, ficando expostas as vísceras da burla da proibição constitucional  de comunhão de ideais dessa natureza entre nubentes de inconciliáveis filiações institucionais."

Prossegue denunciando que "A cada passo, portanto, Gilmar Mendes deixa cintilantes rastros semióticos de sua atuação político-partidária, afirmando inclusive que 'tem relacionamento' com vários partidos.":




A UNAJUF atribui, ainda,  a Gilmar Mendes, responsabilidade pela imagem "funesta" que a sociedade tem, hoje, do Poder Judiciário. retratada em charges debochadas que proliferam nas Redes Sociais:








Por fim, pede a instauração de inquérito civil público ou o imediato ajuizamento de ação civil pública por improbidade administrativa, com pedido liminar de afastamento de Mendes do cargo de Ministro: 



Um comentário:

  1. Parabéns aos Juízes Federais
    Por essa iniciativa
    👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.

Siga o Blog por Email

Twitter Updates 2.2: FeedWitter

Seguidores

Vídeos

BoxVideos1

BoxVideos2

Noelia Brito © 2016 Todos os direitos reservados.