Notícias




quarta-feira, 19 de julho de 2017

ARMANDO MONTEIRO LEVA DEPUTADOS A REDUTO DE FBC E PROMETE R$ 3 MILHÕES EM EMENDAS PARA PREFEITURA DO FILHO DE NEOALIADO



Não há mais a menor dúvida de que os senadores Armando Monteiro (PTB) e Fernando Bezerra Coelho (PSB) caminharão juntos nas eleições de 2018, em Pernambuco.

Além de antenados a nível federal, onde apoiam o governo de Michel Temer, inclusive com cargos estratégicos em seu governo, os dois resolveram "assumir a relação" também a nível estadual. Em visita, hoje, a Petrolina, acompanhado de deputados de seu grupo político, Armando Monteiro prometeu ao filho do também senador Fernando Bezerra Coelho, que é prefeito daquela cidade, a liberação de R$ 3 milhões em emendas parlamentares para incrementar o turismo no Município.

Tanto a visita quanto a promessa de liberação de milhões, feita por Monteiro, foi festejada por Miguel Coelho, prefeito de Petrolina, em postagem em uma Rede Social, onde divulgou fotos do encontro.


A visita acontece um dia depois da divulgação de que tanto Fernando Bezerra Coelho quanto os demais parlamentares dissidentes do PSB estariam sendo cortejados não apenas pelo DEM, do também pernambucano e ministro da Educação, Mendonça Filho, mas pelo próprio Michel Temer que pretende vê-los filiados ao seu PMDB, que deixaria de ser comandado por Jarbas Vasconcelos para passar às mãos de Bezerra Coelho.

Fontes ouvidas pelo Blog revelam, sob reserva, que Jarbas Vasconcelos chegou a ser acionado por Paulo Câmara para que procurasse Armando Monteiro e lhe oferece duas secretarias e uma vaga em sua chapa, em troca de seu apoio à reeleição do governador, mas a proposta foi, segundo nossas fontes, recusada e, pelo visto, Monteiro já fez a opção por integrar a chapa que deverá ser encabeçada por Fernando Filho, para quem Paulo Câmara chegou a oferecer a vice em sua própria chapa, proposta, por sua vez, recusada pelos Bezerra Coelho.

O cenário para 2018, pelo visto, vai se configurando com a formação de uma chapa composta pelas forças alinhadas com o governo Temer, em oposição a Paulo Câmara, ou seja, Armando Monteiro e seu grupo, Fernando Bezerra Coelho e os filhos, Bruno Araújo e Mendonça Filho, além do grupo político comandado pelo ex-governador João Lyra, que também não correspondeu aos acenos de Paulo Câmara em busca de reaproximação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.

Siga o Blog por Email

Twitter Updates 2.2: FeedWitter

Seguidores

Vídeos

BoxVideos1

BoxVideos2

Noelia Brito © 2016 Todos os direitos reservados.