COLUNA "OLHEIROS DA NOELIA BRITO" DE 06/07/2017


PROCESSO DO “LIXO” ANDA E O ZEN JP SE ESTRESSA

Nossos “Olheiros” descobriram a razão do mau humor recente do ex-prefeito João Paulo: é que o processo que o acusa de improbidade administrativa por contratar empresas de lixo, sem licitação, durante anos seguidos, voltou a andar. Da ação, ajuizada em 2013, o ex-prefeito e possível candidato a uma vaga de deputado federal pelo PT, nas próximas eleições – se não ficar inelegível pela Lei da Ficha Limpa – foi citado no dia 20 de junho, mas, em razão do recesso forense, poderá apresentar defesa até o próximo dia 18 de julho. João Paulo tem defendido abertamente que o PT apoie a candidatura do senador Armando Monteiro para o governo de Pernambuco, chegando a declarar que candidaturas próprias não passariam de “candidaturas olímpicas”.

PRESIDENTE DO PTB RESPONDE JUNTO PELA IMPROBIDADE

João Paulo, Armando Monteiro, Ricardo Teobaldo e
José Humberto.
A Ação de improbidade pelos contratos do lixo, que corre perante a 8ª Vara da Fazenda Pública da Capital, tem mais um réu ilustre, além do ex-prefeito João Paulo e do ex-prefeito João da Costa e que geralmente não é lembrado. Trata-se do deputado José Humberto, presidente estadual do PTB e que era secretário de Serviços Públicos de João Paulo quando das contratações das empresas QUALIX e VITAL ENGENHARIA que teriam sido as beneficiárias dos contratos sem licitação para a coleta do lixo da cidade do Recife.
MPPE MANDA PCR INSTAURAR PROCESSOS DISCIPLINARES CONTRA COMANDANTE E SUBINSPETOR DA GUARDA MUNICIPAL DO RECIFE
A promotora de Justiça Andrea Nunes Padilha determinou à Prefeitura do Recife que instaurasse Procedimentos Administrativos Disciplinares para investigar denúncias de que o Comandante e um Subinspetor da Guarda Municipal do Recife estariam fornecendo armas de fogo a alguns membros da Corporação, sem que estes tivessem porte de arma ou mesmo treinamento para o manuseio desse tipo de armamento letal. Apesar da resistência do Secretário de Segurança Urbana do Município, Murilo Cavalcanti, o Procedimento contra o Inspetor da Guarda Marcílio Domingos da Silva foi instaurado pela Portaria nº 209 de 21 de junho de 2017 e o Procedimento contra o Inspetor Manuel Belarmino do Nascimento Neto foi instaurado pela Portaria nº 210, de 21 de junho de 2017, ambas da Procuradoria Geral do Município.

PROMOTORIA CRIMINAL TAMBÉM INVESTIGA O CASO

O fornecimento de armas sem o devido porte, sem treinamento e sem que sequer os equipamentos tenham a devida manutenção também está sendo alvo de investigação pela Promotoria Criminal da Capital. A denúncia foi recebida em janeiro pelo promotor de Justiça Edgard Braz Mendes Nunes e também investiga o disparo acidental ocorrido contra um dos membros da Guarda, no interior das dependências do órgão, por manuseio inadequado do artefato por um colega. Até hoje o rapaz ainda teria o projetil alojado na coxa, segundo os relatos de nossos “olheiros”.
PROMOTORIA TAMBÉM MANDOU INSTAURAR SINDICÂNCIA PARA APURAR ASSÉDIO MORAL E PERSEGUIÇÃO CONTRA GUARDAS MUNICIPAIS DO SEXO FEMININO

Murilo Cavalcante é Secretário de Segurança
 Urbana do Recife
Nossa Coluna também teve acesso a um ofício expedido pelo promotor de Justiça Maxwell Vignoli (Ofício nº 451/2017-8ª PJ-DH, endereçado ao Corregedor Geral da Guarda Municipal, determinando a instauração de Sindicância para apurar denúncia feita à Promotoria de Defesa da Cidadania da Capital de que o Gerente Geral da Guarda Municipal Marcílio Domingos da Silva estaria perseguindo e praticando assédio moral contra Guardas Municipais.


O Blog acompanhará o desenrolar desses processos disciplinares e dessas sindicâncias com lupa, para fiscalizar se com pessoas de confiança do Prefeito e cargos comissionados a Comissão de Inquérito da Secretaria de Assuntos Jurídicos será tão rigorosa como costuma ser com seus inimigos políticos.

Comentários

  1. O povo!
    Sofre, em filas dos hospitais, com falta de saneamento básico, segurança, saúde, educação, etc, etc, etc...
    MAS TAMBÉM, HÁ SITUAÇÕES, QUE A ESCOLHA POR UM CANDIDATO DESCENTE, É PRATICAMENTE IMPOSSÍVEL...

    ResponderExcluir
  2. A Vital foi contratada ni governo de João da Costa

    ResponderExcluir

Postar um comentário

MAIS ACESSADAS DO MÊS

Aos gritos de "tem roubo", alunos protestam contra a falta de Merenda durante visita de Paulo Câmara. Na Prefeitura do Recife, Geraldo Júlio é notificado pelo MPPE para explicar denúncias do SIMPERE sobre irregularidades em contratos da Merenda

Empresa flagrada servindo comida podre para alunos das escolas públicas de Pernambuco promove assédio judicial contra Editora do blog da Noelia Brito na tentativa de intimidá-la e cessar denúncias do Blog contra malfeitos da empresa, também apontados pela Polícia Civil, pelo MPPE e pelo TCE/PE

Com Internacional lotado, petistas falam ao Blog com exclusividade sobre pré-candidatura de Marília Arraes. Para Ferro, o PT de verdade está com Marília Arraes, não é o PT que fica fazendo negociatas nos esgotos do Palácio