ANDERSON FERREIRA ALUGA IMÓVEL POR R$ 19,2 MILHÕES E AINDA DIZ QUE ESTÁ ECONOMIZANDO


O prefeito de Jaboatão dos Guararapes, Anderson Ferreira (PR), anunciou que vai alugar um imóvel na Estrada da Batalha onde vai instalar um Centro Administrativo para abrigar todas as secretarias da Prefeitura, a Procuradoria e a Controladoria do Município. Afirma que com isso estaria economizando R$ 1,7 milhão com a entrega dos imóveis onde essas secretarias estão instaladas atualmente, mas o que o prefeito e sua assessoria de imprensa não divulgam é que o aluguel que será pago à empresa MEIRELES LTDA., sem licitação, pelos 48 meses de aluguel do imóvel escolhido pelo Prefeito, daria para construir uma sede própria definitiva, gerando em vez de despesa, um patrimônio para o povo de Jaboatão. Vejam com exclusividade o termo de Dispensa de Licitação que comprova o valor exorbitante que será pago à empresa Meireles Ltda. que tem como sócio administrador o empresário Manoel Joaquim Meireles Neto, totalizando R$ 19.200.000,00 (dezenove  milhões e duzentos mil reais) em quatro anos. Com a palavra, o Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco e o Ministério Público de Pernambuco:




Comentários

  1. Infelizmente os eleitores desse clã usam cabresto. Não por serem obrigados a votar mas por serem desprovidos de autonomia. Alienados em todos os sentidos.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

MAIS ACESSADAS DO MÊS

Empresa flagrada servindo comida podre para alunos das escolas públicas de Pernambuco promove assédio judicial contra Editora do blog da Noelia Brito na tentativa de intimidá-la e cessar denúncias do Blog contra malfeitos da empresa, também apontados pela Polícia Civil, pelo MPPE e pelo TCE/PE

Aos gritos de "tem roubo", alunos protestam contra a falta de Merenda durante visita de Paulo Câmara. Na Prefeitura do Recife, Geraldo Júlio é notificado pelo MPPE para explicar denúncias do SIMPERE sobre irregularidades em contratos da Merenda

Até ameaças de morte teriam sido feitas por Eduardo da Fonte e Ciro Nogueira contra testemunhas para que mudassem depoimentos na Lava Jato contra parlamentares do Partido. Apartamento de Dudu da Fonte em Boa Viagem também foi alvo de buscas e apreensões