ÉPOCA REVELA QUE ARCOS INTERMEDIOU PROPINA TAMBÉM PARA MINISTRO FERNANDO FILHO

Foto: Orlando Brito




A Revista Época, em matéria assinada pelo jornalista Diego Escosteguy revela que a empresa ARCOS, dos marqueteiros André Gustavo e Antônio Carlos Vieira também teria intermediado o pagamento de propina ao ministro das Minas e Energia Fernando Bezerra Filho. Segundo a Revista (leia AQUI), documentos entregues pelos delatores da JBS à Justiça, Fernando Filho, teria recebido um total de R$ 3 milhões em propina da empresa. De acordo com os executivos, foram R$ 2 milhões em dinheiro vivo e R$ 1 milhão em notas frias. Segundo a delação, o dinheiro era compartilhado entre o ministro e seu pai, o senador Fernando Bezerra, também do PSB.

A assessoria do ministro, no entanto, alegou que não iria comentar a reportagem porque “o nome do ministro não aparece” em qualquer documento público referente às delações da JBS.

Comentários

MAIS ACESSADAS DO MÊS

PAULO CÂMARA INSISTE EM EXPULSAR POLICIAIS MILITARES QUE DEFENDEM CATEGORIA, MAS PROTEGE CORONEIS DENUNCIADOS POR CORRUPÇÃO EM SEU GOVERNO INVESTIGADOS POR DESVIOS PARA CAMPANHAS DO PSB

"Jarbas Vasconcelos é um lambe-botas que escapou da Lava Jato pela prescrição", Artigo de FBC para a Folha de São Paulo desmonta falso moralismo de Jarbas e dá o tom do que será 2018

JUSTIÇA REVOGA LIMINAR E TRANSFORMA JARBAS E RAUL HENRY EM DOIS PESOS MORTOS NO PALANQUE DE PAULO CÂMARA. COM DECISÃO, FBC ASSUME COMANDO DO MDB E SÓ NÃO SERÁ CANDIDATO SE NÃO QUISER