ÉPOCA REVELA QUE ARCOS INTERMEDIOU PROPINA TAMBÉM PARA MINISTRO FERNANDO FILHO

Foto: Orlando Brito




A Revista Época, em matéria assinada pelo jornalista Diego Escosteguy revela que a empresa ARCOS, dos marqueteiros André Gustavo e Antônio Carlos Vieira também teria intermediado o pagamento de propina ao ministro das Minas e Energia Fernando Bezerra Filho. Segundo a Revista (leia AQUI), documentos entregues pelos delatores da JBS à Justiça, Fernando Filho, teria recebido um total de R$ 3 milhões em propina da empresa. De acordo com os executivos, foram R$ 2 milhões em dinheiro vivo e R$ 1 milhão em notas frias. Segundo a delação, o dinheiro era compartilhado entre o ministro e seu pai, o senador Fernando Bezerra, também do PSB.

A assessoria do ministro, no entanto, alegou que não iria comentar a reportagem porque “o nome do ministro não aparece” em qualquer documento público referente às delações da JBS.

Comentários

MAIS ACESSADAS DO MÊS

Empresa flagrada servindo comida podre para alunos das escolas públicas de Pernambuco promove assédio judicial contra Editora do blog da Noelia Brito na tentativa de intimidá-la e cessar denúncias do Blog contra malfeitos da empresa, também apontados pela Polícia Civil, pelo MPPE e pelo TCE/PE

Aos gritos de "tem roubo", alunos protestam contra a falta de Merenda durante visita de Paulo Câmara. Na Prefeitura do Recife, Geraldo Júlio é notificado pelo MPPE para explicar denúncias do SIMPERE sobre irregularidades em contratos da Merenda

Até ameaças de morte teriam sido feitas por Eduardo da Fonte e Ciro Nogueira contra testemunhas para que mudassem depoimentos na Lava Jato contra parlamentares do Partido. Apartamento de Dudu da Fonte em Boa Viagem também foi alvo de buscas e apreensões