ESQUEMA COM LOUSAS DIGITAIS ESTARIA SENDO ARMADO POR PREFEITURAS PARA ATINGIR 25% DA EDUCAÇÃO E LUDIBRIAR TCE



Nosso Blog tomou conhecimento que importantes Prefeituras pernambucanas com dificuldades para atingirem o percentual mínimo de 25% de investimento em Educação estariam preparando a adesão a uma Ata de Registro de Preços milionária para aquisição de lousas digitais, como forma de ludibriar o Tribunal de Contas do Estado.

Todos sabem que a aquisição dessas lousas digitais é a mesma coisa que rasgar o precioso dinheiro da educação que já vem sendo desidiosamente gasto com empresas mafiosas flagradas pela Polícia Civil fornecendo comida estragada e superfaturada para as escolas.

Em todo o país, as aquisições de lousas digitais têm sido alvos de investigações por parte do Ministério Público, pelas mais diversas razões. No Rio Grande do Sul, por exemplo, foram R$ 3 milhões jogados no lixo porque as lousas foram adquiridas sem que os professores fossem treinados para operá-las. Resultado: o equipamento ficou abandonado em depósitos, sem uso. Em Minas Gerais e em São Paulo, várias prefeituras foram investigadas por superfaturamento e direcionamento de licitações. Já encarregamos todos os nossos "olheiros" espalhados em todos os municípios de Pernambuco para que fiquem atentos a mais essa esperteza porque nem no Diário Oficial as beldades querem publicar suas façanhas para fugirem de nossa lupa.

Comentários

MAIS ACESSADAS DO MÊS

PAULO CÂMARA INSISTE EM EXPULSAR POLICIAIS MILITARES QUE DEFENDEM CATEGORIA, MAS PROTEGE CORONEIS DENUNCIADOS POR CORRUPÇÃO EM SEU GOVERNO INVESTIGADOS POR DESVIOS PARA CAMPANHAS DO PSB

"Jarbas Vasconcelos é um lambe-botas que escapou da Lava Jato pela prescrição", Artigo de FBC para a Folha de São Paulo desmonta falso moralismo de Jarbas e dá o tom do que será 2018

TULIO GADELHA DIVULGA CARTA REVELANDO REAIS MOTIVOS DE SUA EXONERAÇÃO DO ITERPE: "AJUSTE PARTIDÁRIO E ELEITOREIRO"