INVEJA DE DEPUTADOS DO PSB TERIA DERRUBADO TÚLIO GADELHA




Quando o historiador pernambucano Oliveira Lima cunhou a frase que retrata o caráter invejoso do recifense, certamente não imaginava que passados 90 anos de sua morte, a frase se aplicaria, à perfeição, à classe política, não só do Recife, mas de todo o Estado de Pernambuco. Segundo Oliveira Lima, que além de historiador foi diplomata, escritor, crítico e professor e que chegou a  possuir a terceira maior biblioteca particular do País, hoje integrante do acervo da universidade Católica de Washington, "na geografia sentimental do Brasil, Recife era a capital nacional da inveja."

Oliveira Lima nasceu em em 1867 e faleceu em 1928, porém, ao sabermos que a inveja de alguns deputados teria sido o motivo que levou o governador de Pernambuco, Paulo Câmara, a exonerar o presidente de um órgão com menos de dois meses de sua posse, forçoso é reconhecer que o pensamento de Oliveira Lima sobre o provincianismo de certa elite pernambucana continua tão forte nos dias atuais quanto há cem anos.

Com o mesmo estardalhaço que os Blogs e Colunas Sociais e Políticas noticiaram que o advogado pernambucano Túlio Gadelha era o mais novo namorado da jornalista e apresentadora da Rede Globo, Fátima Bernardes, noticiaram sua exoneração relâmpago do cargo para o qual havia sido recentemente nomeado pelo PDT que no Estado é comandado pela família Queiroz, que haviam perdido a única boquinha que tinham no Estado com a derrota para a família Lyra que lhes tomou a Prefeitura de Caruaru. Túlio Gadelha, que é filiado ao PDT, fora indicado pelos Queiroz, para o Iterpe, órgão da Secretaria dada por Paulo Câmara para acomodar os Queiroz em seu governo.

A notícia da exoneração, divulgada ontem, veio desacompanhada da respectiva motivação, dando azo a todo tipo de especulação maldosa. Eis que hoje, o Blog da Folha (leia AQUI) e a Coluna Folha Política, também da Folha de Pernambuco (leia AQUI) revelam que a queda de Túlio Gadelha do ITERPE não fora ocasionada nem por incompetência, nem por ausência, mas por trabalhar. Como o rapaz estava trabalhando e ganhou projeção por namorar a global Fátima Bernardes, deputados estaduais do PSB ficaram com INVEJA, que teria sido manifestada sabem onde? Em grupos de WatsApp, aqueles onde desocupados passam o dia falando mal dos outros entre si. Decidido que o rapaz era um perigo para as pretensões de reeleição desses deputados invejosos e desocupados, Paulo Câmara o demitiu com o aval do Wolney Queiroz. Terrinha de política de muro baixo, esse Pernambuco do PSB, onde só quem faz parte das camarilhas palacianas tem direito a ser candidato e, principalmente a se eleger para cargos que, a rigor, deveriam ter o povo como fiel da balança.

Comentários

MAIS VISITADAS DO MÊS

Estelionato: Bolsonarista fundador do Direita Pernambuco é preso pela Polícia Civil por aplicar golpes em aplicativos de transporte por meio de empresas fantasmas. Golpe teria extensão nacional

Nova Política: Procuradoria da República envia denúncia contra líder de Bolsonaro, no Senado, Fernando Bezerra Coelho, Fernando Filho, Marinaldo Rosendo e Fernando Coutinho, por formação de quadrilha, peculato e outros delitos, para Procuradora geral da República. Delitos teriam sido praticados com servidores da CPRM no Estado.

Ex-Deputada indiciada na Lava Jato por corrupção e lavagem de dinheiro ganha cargo na Prefeitura do Recife

Em novo áudio, prefeito de Camaragibe aparece negociando cargos e dinheiro com vereadores em troca da anulação do processo de impeachment e da eleição para presidência da Câmara. Prefeito foi alvo de Operação da DRACO na semana passada

Exclusivo: Blog publica oficio que comprova convocação da delegada Patrícia para MJ e desmente Moro e Governo Paulo Câmara. Leiam ofício assinado pelo Secretário Adjunto de Segurança Pública. Quem mandou Moro desconvidar a Delegada?