Postagens

Mostrando postagens de Março, 2018

PRESIDENTE DA COMISSÃO DE DIREITOS HUMANOS DA CÂMARA DE PETROLINA TAMBEM VIRA ALVO DE REPRESENTAÇÃO NO MPPE POR DISCURSO DE ÓDIO CONTRA VEREADORA MARIELLE FRANCO

Imagem
A Promotoria de Justiça de Petrolina recebeu, no último dia 27 de março, uma "notícia do fato" contra o presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara de Vereadores daquela Comarca, o vereador do PTB, Osinaldo Souza, que durante discurso na sessão do dia 22 de março, daquela Casa Legislativa, chamou a vereadora Marielle Franco de "defensora de vagabundos", insinuando que esse seria o motivo de seu cruel assassinato. Na sua fala, após defender o armamento da população, o presidente da Comissão de Direitos Humanos de Petrolina disse: "A vereadora Marielle Franco que defendia tanto vagabundo, olha o que aconteceu":


A acusação contra a honra da vereadora se torna ainda mais grave por ter sido proferida por parlamentar que preside uma Comissão de Direitos Humanos e Cidadania, razão pela qual, o PSOL, Partido da vereadora assassinada no último dia 14 de março no Rio de Janeiro, juntamente com seu motorista, ingressou com a representação junto ao MPPE com a…

ESCUTAS TELEFÔNICAS INDICAM MOTIVAÇÃO POLÍTICA PARA ASSASSINATO DA VEREADORA MARIELLE FRANCO E DESCARTAM MOTIVAÇÕES PESSOAIS QUE HAVIAM SIDO PROPAGADAS POR "FAKE NEWS", DENTRE OS PROPAGADORES DAS FAKE NEWS ESTAVAM UM DELEGADO DE PERNAMBUCO, UMA DESEMBARGADORA DO RIO E UM DEPUTADO FEDERAL

Imagem
Em entrevista ao programa "Estúdio i",  da GloboNews, na tarde de ontem, o Secretário de Segurança do Rio de Janeiro, General Richard Nunes, revelou que escutas telefônicas realizadas com autorização da Justiça, no inquérito que investiga as execuções da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes, associadas a outras provas do inquérito, que já conta com mais de 300 páginas, já possibilitam descartar totalmente motivações pessoais ou o envolvimento de assessores com algum interesse pessoal nos crimes. 
Ainda segundo o Secretário, diante das provas já coligidas, a principal linha de investigação é no sentido de que se trata, de fato, de um crime político, motivado pela atuação política da parlamentar e até a posições de futuro a que a vereadora poderia chegar: "Não há dúvida de que a atuação política dela, o que ela representa politicamente,  não só o que ela representa no momento, mas até a projeção de futuro do que ela poderia representar, indica que a gent…

APÓS BLOG REVELAR QUE DENUNCIADO NA "TORRENTES" ESTAVA EM LISTA DE PROMOÇÕES, GOVERNO INSTAURA PROCEDIMENTO ADMINISTRATIVO PARA APURAR CONDUTA DE CORONEIS DA CASA MILITAR DENUNCIADOS POR DESVIOS

Imagem
Após nosso Blog revelar, com exclusividade, que o Tenente Coronel Fábio de Alcântara Rosendo figurava no BOLETIM GERAL RESERVADO No B 1.0.00.0 010 de 27 DE MARÇO DE 2018, do Comando Geral da Polícia Militar de Pernambuco, pág. 25, na"VI - LISTA DE ACESSO MERECIMENTO" e com a descrição "Incluir na LISTA DE ACESSO POR MERECIMENTO para as promoções de 06 DE MARÇO DE 2018, no item 33 e somente após o Ministério Público Federal apresentar a 4ª Denúncia contra coronéis da Casa Militar do Governo e empresários por fraudes em licitações e desvios de recursos públicos apurados no âmbito da Operação Torrentes é que o governo de Pernambuco, no qual esses oficiais tinham cargos de secretários executivos e assessorias especiais em várias Pastas, resolveu iniciar os respectivos processos no âmbito administrativo para apurar se essas pessoas são "dignas do oficialato".
De acordo com o Ato nº 1106, publicado no Diário Oficial do Estado de Pernambuco de hoje serão submetidos ao…

APÓS CHAMAR O DIÁRIO DE PERNAMBUCO DE "PORCARIA", ALEXANDRE RANDS DEMITE, JUNTAMENTE COM O IRMÃO MAURÍCIO, QUE JÁ FOI ADVOGADO DO PRÓPRIO SINJOPE, 30 JORNALISTAS NEGANDO-SE A PAGAR DIREITOS, DENUNCIAM SINJOPE E DA FENAJ

Imagem
Em dura nota divulgada hoje (29) e que pode ser acessada AQUI, o Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado de Pernambuco (Sinjope) e a Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) repudiam veementemente, diz a nota, o que consideram "o extremo desrespeito com que os sócios majoritários do Diário de Pernambuco, os irmãos Alexandre e Maurício Rands, procederam em relação ao desligamento de cerca de 30 jornalistas", ocorrido no final da tarde de ontem (28).
Segundo a nota, o "passaralho", termo utilizado para nominar as demissões em massa ocorridas nas redações de jornais, praticamente dizimou três Editorias: Esportes, Fotografia e o Caderno de Cultura que no Diário leva o nome de "Viver".


A nota revela realidade vexatória para os sócios majoritários do Diário, um deles um ex-advogado sindical que fez carreira e até conquistou por duas vezes o mandato de deputado federal, pelo Partido dos Trabalhadores, justamente levantando a bandeira dos direitos socia…

CONTRATO DA PCR COM A "MAIS VIDA" PARA LOCAÇÃO DE AMBULÂNCIAS DENUNCIADO PELA VEREADORA MARÍLIA ARRAES VIRA ALVO DE INQUÉRITO DO MPPE POR SUSPEITAS IRREGULARIDADES E DE SUPERFATURAMENTO.

Imagem
A Promotora de Justiça Lucila Varejão Dias Martins, da 15ª Promotoria de Justiça de Defesa da Cidadania, Promoção e Defesa do Patrimônio Público da Capital, por meio da Portaria nº 007/2018, publicada no Diário Oficial Eletrônico do MPPE, do dia 28/03/2018, determinou a instauração de Inquérito Civil Público para investigar "Irregularidades no Processo Licitatório no 040/2013 - Pregão Eletrônico no 034/2013 - Secretaria de Saúde do Município do Reciferealizado pela Secretaria Municipal de Saúde para contratação de empresa especializada na prestação de serviços de locação de Ambulância do tipo "B" - Unidade de Suporte Básico - 01(um) lote, homologado pelo então Secretário Executivo de Administração, para a empresa MAIS VIDA SERVIÇOS DE SAÚDE LTDA., pelo valor de R$ 2.499.951,95 e pelo período de doze meses.
O Contrato sob investigação do MPPE foi assinado para viger apenas por 12 (doze) meses, durante o período compreendido entre o dia 06/03/2014 e o dia 05/03/2015. Ent…

JUSTIÇA DECRETA PRISÃO PREVENTIVA DE ESTELIONATÁRIO QUE COMANDAVA EMPRESAS DE SEGURANÇA ARMADA POR INTERMÉDIO DE "LARANJAS". GOLPISTA TAMBÉM RESPONDE POR HOMICÍDIO

Imagem
O Juiz de Direito Ivan Alves de Barros, da 8ª Vara Criminal da Capital, decretou, hoje, a prisão preventiva de um estelionatário conhecido pelo "vulgo" Dorinho e que segundo o Ministério Público do Estado comandaria, por intermédio de uma rede de "laranjas", várias empresas de segurança armada. Dorinho, cujo nome completo é Deodoro Francisco da Silva Filho, foi denunciado, juntamente com Marcelo Macedo Conrado, Alexandra Cintra Leonardo, Sueli da Silva Santos e Jonas Ferreira da Silva Sobrinho por falsificação da assinatura de um desembargador e ainda falsificaram selo de um Cartório de modo a certificar, falsamente a assinatura.


Por intermédio de sócios-laranjas, "Dorinho" administrava as empresas de segurança armada Extra Segurança e Vigilância, Pro Sat Segurança, Móveis Espetacular e Mercantil Incorporadora. Além disso, "Dorinho" já respondeu pelo crime de Ameaça e atualmente responde por um homicídio que teria sido praticado na Comarca de Jab…

SERES APREENDE ATÉ PISTOLAS DENTRO DA BARRETO CAMPELO E PRESOS TENTAM IMPEDIR REVISTA NA BALA

Imagem
Uma revista realizada ontem, 27,  por agentes penitenciários de varias unidades prisionais, convocados pela Secretaria Executiva de Ressocialização de Pernambuco, com o propósito de realizar uma varredura na Penitenciária Professor Barreto Campelo e que resultou na apreensão de armar, projeteis, drogas e celulares, ocasionou troca de tiros entre detentos e os agentes penitenciários e do Batalhão de Choque que teve que ser acionado para auxiliar na revista, uma fez que os custodiados resistiram à medida.
Além dos agentes penitenciários convocados de outras unidades, o Grupo de Operações - GOS formado por agentes penitenciários, Batalhão de choque, o Cip - Cães e outros grupos também participaram da Operação.
A ação foi planejada por informações do serviço de inteligência da SERES, formada por agentes penitenciários.
Vejam imagens obtidas pelo Blog do material apreendido:





GOVERNO PAULO CÂMARA "PREMIA" CORONEL DENUNCIADO NA "TORRENTES" COM PROMOÇÃO POR "MERECIMENTO"

Imagem
O Blog da Noelia Brito teve acesso, com exclusividade, ao BOLETIM GERAL RESERVADO No B 1.0.00.0 010 de 27 DE MARÇO DE 2018, do Comando Geral da Polícia Militar de Pernambuco e pode confirmar, na pág. 25, desse Informativo Oficial da Corporação, que o mesmo governo Paulo Câmara que puniu os policiais militares ligados a Associações representativas das categorias que participam de movimentos em defesa dos integrantes da Corporação, promove por merecimento, integrantes da Corporação que foram alvo da Operação Torrentes ,da Polícia Federal, por desvios de recursos públicos que deveriam ter sido destinados às vítimas das enchentes que deixaram milhares de famílias pernambucanas desabrigadas. Sob o Título "VI - LISTA DE ACESSO MERECIMENTO" e com a descrição "Incluir na LISTA DE ACESSO POR MERECIMENTO para as promoções de 06 DE MARÇO DE 2018 na forma do Art. 22 da Lei nº 6.784, de 16 de outubro de 1974 e suas posteriores alterações, os Oficiais relacionados", no item 33, …

Operação Torrentes: Coronéis da Casa Militar e empresários são alvo da 4ª Denúncia do Ministério Público Federal em Pernambuco. Desvios superam R$ 2,7 milhões

Imagem
O Ministério Público Federal (MPF) em Pernambuco (PE) ofereceu, na última sexta-feira (23), a quarta denúncia referente à Operação Torrentes. Fábio de Alcântara Rosendo, Flávio Henrique de Andrade Figueiredo, Antonio Manoel de Andrade Júnior, Roseane Santos Andrade e Tarcísio Romão de Oliveira foram denunciados pela prática, em caráter continuado, do crime de peculato.
Segundo o MPF, no período compreendido entre 1º de junho e 9 de outubro de 2017, os acusados, agindo mediante divisão de tarefas, consciente e voluntariamente, teriam desviado R$ 2,6 milhões de que tinha posse Fábio de Alcântara, em proveito da empresa T & R Comércio de Artigos de Confecção Ltda., administrada por Antonio Manoel de Andrade, Roseane Santos e Tarcísio Romão. 
De acordo com a denúncia, houve realização de pagamentos em favor dessa pessoa jurídica pela entrega de 32.500 colchões com densidade mínima 23. Os administradores da empresa, no entanto, em fraude a contrato decorrente de processo licitatório, em …

Após Operação Ratatouille, MPPE abre investigações sobre contratos da empresa Casa de Farinha com a gestão atual de Lula Cabral denunciados pelo Blog da Noelia Brito

Imagem
A Assessoria de Comunicação do Ministério Público de Pernambuco divulgou, hoje, que a instituição decidiu apurar possíveis irregularidades na execução e nos termos aditivos aos contratos firmados com a empresa Casa de Farinha nos exercícios de 2017 e 2018 e que para isso foi instaurado o Inquérito Civil de nº 21/2018, na última sexta-feira (23), a fim de viabilizar o ajuizamento de ação civil pública ou de outras medidas judiciais.
Os aditivos foram denunciados, em primeira mão, aqui mesmo pelo nosso Blog, no ano passado (leia em LULA CABRAL PRORROGA CONTRATOS COM EMPRESA "CASA DE FARINHA" E GARANTE MAIS DE R$ 6 MILHÕES SEM LICITAÇÃO A EMPRESA DE ROMERINHO, FILHO DO INTOCÁVEL EX-PRESIDENTE DA CEASA). Em razão dessa denúncia de nosso Blog, a Casa de Farinha, Romero Pontual e seu filho Romerinho ingressaram com quatro queixas-crimes contra a editora do Blog da Noelia Brito na tentativa de nos calar e nos intimidar. Obviamente, além da exceção da verdade, nossa editora represent…

PREFEITA DE IPOJUCA EXONERA SECRETÁRIO ALVO DA RATATUILLE, MAS SILENCIA SOBRE CONTRATO COM A CASA DE FARINHA

Imagem
A prefeita de Ipojuca Célia Sales, do PTB, exonerou o advogado Paulino Valério da Silva Neto do cargo de Secretário de Planejamento e Gestão de seu governo, após a revelação de que seu auxiliar seria o dono das caixas de sapato recheadas com mais de R$ 1 milhão em dinheiro vivo apreendidas pela Polícia Civil na Operação Ratatuille que investiga o envolvimento do ex-prefeito do Cabo de Santo Agostinho e de oito ex-secretários daquele Município, além de parentes do ex-prefeito em contratos superfaturados com pelo menos oito empresas em valores que podem superar a marca de R$ 133 milhões. Na época desses contratos, Paulino Valério era titular da Secretaria Executiva de Logística do Cabo de Santo Agostinho.
Uma das denúncias mais graves atribuídas aos investigados é o de contratar a empresa Casa de Farinha S/A (que mudou o nome para Plural recentemente) para fornecer a merenda escolar para os alunos da rede pública de ensino do Município tendo enriquecido ilicitamente por meio desses contr…