Polícia Federal em Pernambuco faz maior apreensão de cocaína do ano no Aeroporto dos Guararapes e prende suspeita de tráfico que receberia R$ 5 mil pelo transporte da droga

Foto: Divulgação PF/PE
A Polícia Federal em Pernambuco prendeu em flagrante na tarde de terça-feira (17), por volta das 13h, JHULLYANA PRATA MACHADO, brasileira, solteira, 20 anos, estudante, natural de Vila Velha/ES e residente no bairro Colinas de Laranjeira/ES. Segundo a PF, a moça não possui antecedentes criminais.


Foto: Divulgação PF/PE
A prisão aconteceu durante fiscalização de rotina destinada a reprimir o tráfico internacional e doméstico de entorpecentes no Aeroporto Internacional dos Guararapes – Gilberto Freyre. Os Policiais Federais ao realizarem uma fiscalização de rotina no desembarque de passageiros, identificaram que uma das passageiras, aparentava sinais de nervosismo. Durante entrevista preliminar, a mesma entrou em contradição em várias respostas e ficou ainda mais nervosa. Desta forma a passageira foi convidada a comparecer na sala da Polícia Federal onde foi realizada a averiguação de sua bagagem. A ação teve seu desfecho final quando os policiais federais ao procederem a abertura de sua mala vieram a descobrir 15 (quinze) tabletes de entorpecente que ao passar pelo exame narcoteste resultou positivo para cocaína. A droga totalizou um peso bruto de cerca de 16,2Kg (dezesseis quilos e duzentos gramas).


Foto: Divulgação PF/PE
Terminados os trabalhos investigativos e tendo sido toda a droga encontrada,  de acordo com nota divulgada pela Assessoria de Comunicação da PF/PE, a suspeita recebeu voz de prisão em flagrante, foi informada dos seus direitos e garantias constitucionais e em seguida levada para a sede da Polícia Federal, no Cais do Apolo, onde acabou sendo autuada pela prática do crime tipificado no artigo 33, e 40, inciso V da Lei nº 11.343/2006 (tráfico interestadual de entorpecentes) e caso seja condenada poderá pegar penas que variam de 5 a 15 anos de reclusão.  Após a autuação, a flagranteada realizou Exame de Corpo de Delito no IML- Instituto de Medicina Legal, passou pela audiência de custódia, quando foi confirmada a sua prisão preventiva, sendo, em seguida encaminhada para a Colônia Penal Feminina do Bom Pastor, onde permanecerá à disposição da Justiça Estadual/PE. Além da droga também foram apreendidos cartões de embarque, documentos, um aparelho celular e a quantia de R$ 1.600 reais.  Em seu interrogatório a estudante não deu mais detalhes sobre quem foi a pessoa que lhe aliciou para trazer a droga de São Paulo para o Recife e nem a quem iria entregar-la, quando desembarcasse na capital pernambucana. Em conversa informal com os policiais disse apenas que receberia pelo serviço de transporte a importância de R$ 5 mil reais. A presa usou do seu direito constitucional de apenas falar em juízo.

ESTATÍSTICAS DE APREENSÃO:
Esta é a quarta apreensão de drogas no ano de 2018 realizada pela Polícia Federal no Aeroporto Internacional dos Guararapes. Até agora foram feitas 06 (seis) prisões (quatro mulheres e dois homens). Foram apreendidos 19,7Kg (três quilos e quinhentos gramas) de cocaína e 80,5Kg de Haxixe. Em 2017 foram realizadas 22 (vinte e duas) prisões (doze homens e dez mulheres) e apreensão de 45,9Kg de cocaína, 43Kg de Skunk, 22,8Kg de Haxixe, 10,4Kg de metanfetamina e 30 quilos de maconha.

* Com informações da Assessoria de Comunicação da PF/PE

Comentários

MAIS ACESSADAS DO MÊS

Zelotes: Saiba quem é a pernambucana misteriosa alvo da Operação e que guardava muito dinheiro em sua residência apreendido pela PF. Conselheira do CARF, investigada é Auditora da Receita Federal

MARÍLIA ARRAES REQUER AO TRE INTIMAÇÃO DE INSTITUTO PARA QUE APRESENTE RESULTADO DE PESQUISA REGISTRADA E NÃO DIVULGADA. CANDIDATA DO PT JÁ ESTARIA À FRENTE DE PAULO CÂMARA COM 32% DA PREFERÊNCIA DO ELEITORADO PERNAMBUCANO

Pernambucanos detonam acordo espúrio entre PT e PSB nas Redes Sociais de Gleisi Hoffmann e avisam que não votarão nem em Paulo, nem em Humberto, nem em Gleisi, depois da traição