Polícia Federal em Pernambuco faz maior apreensão de cocaína do ano no Aeroporto dos Guararapes e prende suspeita de tráfico que receberia R$ 5 mil pelo transporte da droga

Foto: Divulgação PF/PE
A Polícia Federal em Pernambuco prendeu em flagrante na tarde de terça-feira (17), por volta das 13h, JHULLYANA PRATA MACHADO, brasileira, solteira, 20 anos, estudante, natural de Vila Velha/ES e residente no bairro Colinas de Laranjeira/ES. Segundo a PF, a moça não possui antecedentes criminais.


Foto: Divulgação PF/PE
A prisão aconteceu durante fiscalização de rotina destinada a reprimir o tráfico internacional e doméstico de entorpecentes no Aeroporto Internacional dos Guararapes – Gilberto Freyre. Os Policiais Federais ao realizarem uma fiscalização de rotina no desembarque de passageiros, identificaram que uma das passageiras, aparentava sinais de nervosismo. Durante entrevista preliminar, a mesma entrou em contradição em várias respostas e ficou ainda mais nervosa. Desta forma a passageira foi convidada a comparecer na sala da Polícia Federal onde foi realizada a averiguação de sua bagagem. A ação teve seu desfecho final quando os policiais federais ao procederem a abertura de sua mala vieram a descobrir 15 (quinze) tabletes de entorpecente que ao passar pelo exame narcoteste resultou positivo para cocaína. A droga totalizou um peso bruto de cerca de 16,2Kg (dezesseis quilos e duzentos gramas).


Foto: Divulgação PF/PE
Terminados os trabalhos investigativos e tendo sido toda a droga encontrada,  de acordo com nota divulgada pela Assessoria de Comunicação da PF/PE, a suspeita recebeu voz de prisão em flagrante, foi informada dos seus direitos e garantias constitucionais e em seguida levada para a sede da Polícia Federal, no Cais do Apolo, onde acabou sendo autuada pela prática do crime tipificado no artigo 33, e 40, inciso V da Lei nº 11.343/2006 (tráfico interestadual de entorpecentes) e caso seja condenada poderá pegar penas que variam de 5 a 15 anos de reclusão.  Após a autuação, a flagranteada realizou Exame de Corpo de Delito no IML- Instituto de Medicina Legal, passou pela audiência de custódia, quando foi confirmada a sua prisão preventiva, sendo, em seguida encaminhada para a Colônia Penal Feminina do Bom Pastor, onde permanecerá à disposição da Justiça Estadual/PE. Além da droga também foram apreendidos cartões de embarque, documentos, um aparelho celular e a quantia de R$ 1.600 reais.  Em seu interrogatório a estudante não deu mais detalhes sobre quem foi a pessoa que lhe aliciou para trazer a droga de São Paulo para o Recife e nem a quem iria entregar-la, quando desembarcasse na capital pernambucana. Em conversa informal com os policiais disse apenas que receberia pelo serviço de transporte a importância de R$ 5 mil reais. A presa usou do seu direito constitucional de apenas falar em juízo.

ESTATÍSTICAS DE APREENSÃO:
Esta é a quarta apreensão de drogas no ano de 2018 realizada pela Polícia Federal no Aeroporto Internacional dos Guararapes. Até agora foram feitas 06 (seis) prisões (quatro mulheres e dois homens). Foram apreendidos 19,7Kg (três quilos e quinhentos gramas) de cocaína e 80,5Kg de Haxixe. Em 2017 foram realizadas 22 (vinte e duas) prisões (doze homens e dez mulheres) e apreensão de 45,9Kg de cocaína, 43Kg de Skunk, 22,8Kg de Haxixe, 10,4Kg de metanfetamina e 30 quilos de maconha.

* Com informações da Assessoria de Comunicação da PF/PE

Comentários

MAIS ACESSADAS DO MÊS

Aos gritos de "tem roubo", alunos protestam contra a falta de Merenda durante visita de Paulo Câmara. Na Prefeitura do Recife, Geraldo Júlio é notificado pelo MPPE para explicar denúncias do SIMPERE sobre irregularidades em contratos da Merenda

Empresa flagrada servindo comida podre para alunos das escolas públicas de Pernambuco promove assédio judicial contra Editora do blog da Noelia Brito na tentativa de intimidá-la e cessar denúncias do Blog contra malfeitos da empresa, também apontados pela Polícia Civil, pelo MPPE e pelo TCE/PE

Com Internacional lotado, petistas falam ao Blog com exclusividade sobre pré-candidatura de Marília Arraes. Para Ferro, o PT de verdade está com Marília Arraes, não é o PT que fica fazendo negociatas nos esgotos do Palácio