Aliança Nacional LGBT+ chega a Pernambuco e lança Manual de Comunicação LGBT+. Evento terá mediação da militante social Maria do Céu


No próximo dia 21 de junho (quinta-feira), a partir das 19 horas, no Forte do Brum, situado no Bairro do Recife, na Capital pernambucana, ocorrerá o lançamento do MANUAL DE COMUNICAÇÃO LGBTI+ para marcar a chegada da Aliança Nacional LGBTI+ a Pernambuco. Na ocasião será oferecido coquetel para convidados no Forte do Brum. 

O evento, que terá a mediação de Maria do Céu, que é militante social, LGBTI, dos direitos sexuais e que atua como produtora cultural e empreendedora da noite LGBTI+ (atualmente grupo Metrópole), contará, ainda, com a participação do ativista da causa LGBT, Toni Reis e da premiada jornalista Marcionila Teixeira, do Diário de Pernambuco, como palestrantes no diálogo sobre "Respeito, Direitos Humanos e o tratamento da mídia quanto à população LGBTI+”.

Mediadora do evento, Maria do Céu é graduada em Psicologia pela Faculdade de Ciências Humanas ESUDA, sendo fundadora do Instituto Boa Vista uma Organização Não Governamental de Direitos Humanos, que atualmente desenvolve projetos para 60+ e cidadania LGBTI+. Facilitadora das Rodas Livres de diálogo sobre as questões de gênero e combate à homofobia, na cidade do Recife, Maria do Céu foi representante do Ministério da Cultura na Região Nordeste e compõe o Conselho de Direitos Humanos do Recife (desde 2016).

Dentre os convidados já confirmaram presença Graça Araújo, apresentadora do Jornal do Meio Dia, da TV Jornal e de programa de rádio na Rádio Jornal, Cristiana Cordeiro, historiadora e coordenadora do Núcleo de Estudos de Gênero Wilma Lessa da EREM Silva Jardim, no bairro do Monteiro, Jardel Araíjo, membro do Núcleo de Estudos em Gênero, Sexualidades e Raça, Hypatia e  do coletivo de juventude negra Cara Preta, Maria Daniela,  da Associação de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais da Mata Sul de Pernambuco - AMAS/LGBT, filiada a Articulação e Movimento para Travestis e Transexuais de Pernambuco - Amotrans e Antiproibicionista (Rede Nacional de Feministas Antiproibicionistas).

A Aliança Nacional LGBT+ é uma organização da sociedade civil, pluripartidária e sem fins lucrativos. Legalmente registrada desde 2003, dialoga e constrói ações comuns com pesquisadores, ativistas, dirigentes partidários, gestores públicos, redes, organizações governamentais, comunicadores, empresários comprometidos com a promoção dos direitos e da cidadania LGBTI (mais informações disponíveis em: grupodignidade.org.br/alianca-nacional-lgbti-objetivos).

O Manual de Comunicação LGBT+, que será lançado em Pernambuco no próximo dia 21 de junho, traz alguns dos principais pontos históricos envolvendo a população LGBTI+, inclusive os avanços mais recentes em termos de reconhecimento dos direitos desta população no Brasil e no mundo, bem como considerações sobre as lacunas ainda existentes para que alcance a cidadania plena.Também informa sobre termos a serem evitados em comunicações sobre o tema LGBTI+, assim como pautas que podem ser de interesse de profissionais dessa área.


Saiba mais sobre os participantes do evento:

Palestrantes:

. Toni Reis
Ativista da causa LGBTI e AIDS; fundador e atual diretor do primeiro grupo LGBTI (Grupo Dignidade) de Curitiba. É integrante do comitê executivo da recém-fundada rede regional GayLatino, a qual trabalha com direitos humanos e HIV em relação a gays na América Latina e no Caribe. Também é diretor-presidente da Aliança Nacional LGBTI. Formado em letras pela UFPR e também em pedagogia pela Uninter. É especialista em sexualidade humana, mestre em filosofia (ética e sexualidade) e doutor e pós-doutor em educação (LGBTfobia na educação). É autor dos livros “Homofobia no ambiente educacional: o silêncio está gritando” e “Sexo, Ética e Consentimento”. Recebeu o Prêmio de Direitos Humanos do Governo Federal, na categoria Garantia dos Direitos da População LGBT. Também recebeu a Medalha da Ordem Nacional do Mérito Educativo.

. Marcionila Teixeira
Repórter especial do Diário de Pernambuco. Formada pela Universidade Federal de Pernambuco, participa de coberturas relacionadas a direitos das crianças e adolescentes, direitos humanos, além de segurança pública. Ao longo da carreira, recebeu 13 prêmios e menções honrosas, entre eles, o Vladimir Herzog e o Esso. É especialista em direitos humanos pela Universidade Católica de Pernambuco e Jornalista Amiga da Criança.



Participantes:

. Cristiana Cordeiro
Formada em Licenciatura em História pela UNICAP; leciona História e Filosofia na Escola de Referência em Ensino Médio Silva Jardim. Iniciou sua vida profissional na antiga Secretaria do Trabalho e Ação Social do Governo de Pernambuco - Exercendo suas funções no Departamento de Apoio aos Centros Sociais Urbanos. Ex-militante do Movimento Popular de Pernambuco. Atualmente coordena o Núcleo de Estudos de Gênero Wilma Lessa da EREM Silva Jardim, no bairro do Monteiro.

. Graça Araújo 
Comanda há 26 anos o telejornal TV Jornal Meio Dia, exibido pela TV Jornal,afiliada ao SBT em Pernambuco. O foco do notíciário é a prestação de serviços à população. Além da TV, Graça apresenta, há 17 anos, o programa Rádio Livre, na Rádio Jornal. Assim como na televisão, a jornalista usa o microfone para dar voz às demandas da população, sobretudo as mais carentes. A preocupação com a prevenção e o tratamento das doenças tem espaço especial com o “Consultório de Graça”, que entrevista diariamente especialista nas áreas de saúde e comportamento.

. Jardel Araújo
Graduanda em Serviço Social pela UFPE; membro do Núcleo de Estudos em Gênero, Sexualidades e Raça, Hypatia. Membro do coletivo de juventude negra Cara Preta; Ativista LGBT e Youtuber.

. Maria Daniela
Formada em Engenharia Agronômica e funcionária pública estadual. Passou pelo movimento estudantil e é ativista nos movimentos LGBT. É filiada a Aliança Nacional LGBTI+. Foi secretária executiva na Nova Associação de Travestis e Transexuais de Pernambuco - NATRAPE (2014/2017), filiada à Associação de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais da Mata Sul de Pernambuco - AMAS/LGBT, filiada a Articulação e Movimento para Travestis e Transexuais de Pernambuco - Amotrans e Antiproibicionista (Rede Nacional de Feministas Antiproibicionistas).

Mediadora:

Maria do Céu
Militante social, LGBTI, dos direitos sexuais. Atua como produtora cultural e empreendedora da noite LGBTI+ (atualmente grupo Metrópole). Formou-se em Psicologia pela Faculdade de Ciências Humanas ESUDA; recebeu a Medalha de Mérito José Mariano, comenda máxima na cidade do Recife. Fundou o Instituto Boa Vista uma Organização Não Governamental de Direitos Humanos, que atualmente desenvolve projetos para 60+ e cidadania LGBTI+. Facilitadora das Rodas Livres de diálogo sobre as questões de gênero e combate à homofobia, na cidade do Recife. Ex-Representante do Ministério da Cultura na Região Nordeste e membro do Conselho de Direitos Humanos do Recife (desde 2016).


Comentários

MAIS ACESSADAS DO MÊS

Máfia da Merenda estaria pressionando Governador Paulo Câmara para afastar delegada Patrícia Domingos que desbaratou esquema da ORCRIM. PF também investiga mesma máfia

Operação Abismo: ex-presidente da Caboprev revelou esquema corrupto comandado por Lula Cabral, em depoimento ao MPPE no Cabo. Prefeito chegou a aumentar alíquota imposta aos servidores para cobrir rombo causado com a fraude

POLÍCIA FEDERAL DESCOBRE POSSÍVEIS IRREGULARIDADES ENVOLVENDO UNINASSAU E MEC E MPF/PE INSTAURA PROCEDIMENTO PARA INVESTIGAR DENÚNCIA